20 grifes que eram pura ostentação nos anos 80 e 90

Assim como em outras décadas, os anos 80 e 90 também tiveram as marcas mais famosas e cobiçadas. Quem nunca sonhou em ter uma calça jeans da Levi’s, Forum, Ellus, Equatore, Fiorucci, Zoomp, Yes, Brazil e M. Officer?

Ter a mochila e a carteira emborrachada da Company ou a mochila jeans e os looks da Cantão também era pura ostentação! O sonho de muitos era ganhar uma camisa da Looney Tunes que vinha na lata da Side Play ou um tênis clássico da Redley. Ter o mocassin de miçangas da Mr. Cat também era o auge, sem contar no frufru de cabelo e nos produtos da Pakalolo!

Confira a lista que fizemos com as 20 grifes que eram pura ostentação nos anos 80 e 90. Quais eram as suas favoritas e o seu maior sonho de consumo?

1 – Pakalolo

Se você cresceu nos anos 80 e 90, certamente já teve ou sonhou em ter alguma peça de roupa da Pakalolo. A marca tinha uma variedade enorme de produtos como roupas super coloridas, meias, bermudas, calças, jaquetas, mochilas, agendas, carteiras e acessórios diversos, como o famoso frufru de cabelo.

2 – Forum

Ter um jeans da Forum era pura ostentação mas, para isso, era preciso desembolsar um bom dinheiro. A marca foi criada em 1981 pelo estilista Tufi Duek e, em 2008, foi comprada pelo grupo AMC Têxtil (que detém as marcas Colcci, Sommer e Carmelitas, além do licenciamento da linha Coca-Cola Clothing e da Malhas Menegotti).

3 – M.Officer

Criada por Carlos Miele, nos anos 80, a M. Officer era uma das marcas mais desejadas pelos jovens nos anos 80 e 90. Seus jeans eram mágicos, modelavam qualquer corpo, o corte e a lavagem do jeans eram perfeitos, alem disso, exibir uma etiqueta da M.Officer era sinal de status.

4 – Company

Aquele clássico que não vamos nos esquecer nunca! Quem também teve uma mochila da Company? Lembro tanto da minha mochila rosa! Nascida em 1973, a Company abriu as portas na Rua Garcia D’Ávila, em Ipanema (RJ), e logo virou um point. Responsável pelas mochilas emborrachadas que viraram febre no final da década de 80, a marca também vendia camisetas, bermudas, bonés, estojos, agendas e carteiras que eram disputados pelos adolescentes da época. A marca encerrou as atividades no Rio em 2004.

5 – Fiorucci

Era uma das marcas italianas mais conhecidas do mundo quando desembarcou no Brasil pelas mãos de Gloria Khalil, no final da década de 70. Por aqui, os jeans e os camisões fizeram muito sucesso. Inclusive, a Fiorucci foi a inventora do jeans stretch que conquistou as mulheres do mundo inteiro trazendo a sensualidade que não existia no jeans convencional. Outra coisa que os jovens amavam eram as latas, sempre com a figura dos anijnhos na tampa.

6 – Ocean Pacific (OP)

Foi uma das maiores marcas de surfe brasileiras durante anos, vendendo mais de 2 milhões de peças por ano. Os itens mais disputados eram a carteira de borracha e as calças com velcro. Tudo feito em cores bem alegres e vibrantes.

7 – Hang Loose

Marca pioneira do surf no Brasil, a Hang Loose também fez muito sucesso com os surfistas nos anos 80 e 90.

8 – Fido Dido

Além de ser o mascote do refrigerante 7UP, o Fido Dido virou marca de roupas nos anos 80. Um grande sucesso eram as camisetas, principalmente os modelos com mangas curtas sobrepostas às mangas longas.

9 – Equatore

Jeans perfeitos? É Equatore! Não tinha uma adolescente que não quisesse um jeans da marca, lembro que o auge foi naquela fase calça corsário e capri.

10 – Soft Machine

Primeiro grande fenômeno de grifes no Brasil, as calças jeans Soft Machine foram lançadas em 1974 e a primeira fábrica ficava na Rua Augusta. A marca se espalhou na era das discotecas e a grife acabou tendo uma loja até em Nova York.

11 – Side Play

Conhecida por ter as camisetas com a turma do Looney Tunes mais legais do mercado.

12 – Zoomp

Marca brasileira que virou febre entre as modelos famosas no inicio dos 80. Sua primeira loja foi aberta no Shopping Eldorado, em São Paulo, e tornou-se um sucesso nos anos seguintes expandindo suas lojas no eixo Rio-São Paulo, transformando o raio amarelo em objeto de desejo.

13 – Ellus

Criada em 1972, por Nelson Alvarenga, a Ellus vem ao longo das últimas décadas influenciando gerações de jovens com sua moda jeanswear. Marca líder no segmento jeanswear premium, urbana, sofisticada e com a alma rock’n’roll. Desde o início, quando vendia camisetas pintadas à mão e depois, lançando moda com seus jeans stonewashed ou ainda traduzindo alguns clássicos uniformes de guerra.

14 – 775

Voltada para a moda “surfista”, chamada surfwear, a marca fazia um sucesso enorme entre os adolescentes da época. Seus produtos mais vendidos, com certeza, eram as camisetas e chinelos estampados; mas o mais legal mesmo era ganhar os adesivos da marca para colar no vidro da janela do quarto.

15 – Cantão

Tudo começou em 1967, quando o Rio era palco de muita atitude e referência em comportamento. Inspirados pelo movimento jovem, o casal Leila Barreto e Peter Simon criou uma marca que celebra a mulher autêntica, e transborda emoção e feminilidade. O resultado está nas mais de 50 lojas e na representação em mais de mil multimarcas em todo o Brasil, além da exportação para países como Austrália, Portugal, Espanha, Japão, Emirados Árabes e EUA.

16 – United Colors of Benetton

Suas malhas coloridas eram famosas, não só pela qualidade, mas pela diversidade de cores e texturas. Alias, a Benetton foi uma das primeiras marcas a levantar a bandeira contra o racismo. Era comum em suas propagandas misturar modelos de diversas raças e etnias como brancos, negros, índios e orientais, todos interagindo como iguais, mostrando a todos a importância da união das cores e raças.

17 – Yes, Brazil

Outro clássico! Pra quem buscava um lado mais sexy, a Yes era A marca!

18 – Lee

A Lee é umas das marcas ícones da cultura americana. No passado ajudou a construir a América com suas roupas resistentes feitas especificamente para trabalhadores. Atualmente, é uma marca que evoca toda a tradição do mais puro estilo western. Calças e jaquetas que representam muito mais que simples peças de roupas, mas sim um estilo de vida que mistura o fashion com o country.

19 – Redley

Criada em 1985, a Redley foi uma febre nos anos 90 entre os jovens e, mais especificamente, os cariocas. A origem “com os pés na areia” era um dos principais pilares para que o público em questão se envolvesse com a etiqueta e passasse a adotar as peças, desde camisas até os sapatos, como um uniforme.

20 – Levi’s 

A calça jeans Levi’s, criada em meados do século 19 e introduzida no mercado por Levi Strauss, atravessou mais de 150 anos de moda e chegou ao século 21 como ítem de luxo, com as já famosas coleções de jeans premium.

Mr. Cat

Lançada em 1987, a Mr. Cat é uma das maiores referências do país no segmento de calçados e acessórios masculinos e femininos. Com 40 anos de história, a marca carioca tem presença forte em todo o Brasil, hoje com mais de 180 lojas espalhadas por todo o país, destacada presença digital e mais de um milhão de calçados produzidos por ano. A marca produz hit atrás de hit, desde o primeiro salto alto (anabelas), passando por mocassins (lembra do de miçangas?) e modelos confortáveis e que ditavam os pés dos adolescentes.

Relembre 50 marcas e lojas que fizeram sucesso nos anos 80 e 90: 

50 marcas e lojas que fizeram sucesso nos anos 80 e 90

Compartilhe!

1 thought on “20 grifes que eram pura ostentação nos anos 80 e 90

  1. Waldeir Pola

    vivi todas essas modas anos 80 e 90 … sou de 1969 tenho 53 anos não saia do shopping center Paulista e Eldorado sp … como eu gastei nessas lojas era uma terapia hoje tudo passou . Como tudo passa AMEI ESSA PAGINA

    Reply

Deixe um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado.