32 thoughts on “Brick Game

  1. Anônimo

    Isso foi uma sensação[2]

    Ainda é possivel encontrar exemplares desse jogo que entretia a gente até dizer epa!
    Era muito booom!

    Reply
  2. Anônimo

    Gente, este daí eu jogo até hoje! Eu não conseguia dormir, fechava os olhos e "via" as pecinhas caindo p que eu as encaixasse! kkkkk

    Reply
  3. João

    Caramba esse era o sonho de consumo de todas as crianças na época, hoje as crianças querem ter celular, naquela época ter isso era um sonho!!!
    Demaaaaaisss!!!

    Reply
  4. Anônimo

    kra muito legal,não tenho + o 1º que ganhei,aquele que vinha com poucos jogos,era muito viciante,até hoje ainda jogo,comprei 1 transparente.

    Reply
  5. Messias

    O meu primeiro ganhei em 1993 foi onde fiz meu recorde imbativel de 878.953 mil pontos em 8 horas consecutivas de jogo, pena que um dia meu irmão apanhando do meu pai se jogou na cama e quebrou o visor levando meu recorde junto!

    Reply
  6. Anônimo

    Nossa… Passei minha infância com esses brinquedos… Consertava muitos deles e ganhava uma grana com isso, e as vezes, recriava-os, imbutindo joystick de videogames neles. Gostava mesmo das versões iniciais da Brick Game (que tinha o modelo talking – o bonequinho que falava e levantava os braços), o Apollo Original – (voz de uma mulher no jogo). Outros que curti muito foi a versão 9999 in 1 (1997) que ainda vinha com 3 botões direcionais e um jogo de corrida muito bom, e uma versão raríssima (7 IN 1) que vinha com um jogo snake que hoje nunca mais encontrei em outro videogame do gênero: o jogo, ao contrário dos outros snakes, era exibido 3 rodadas de 3 maçãs ao mesmo tempo e ao final da rodada, aparecia, uma toca no jogo para a cobrinha terminar a partida.
    Os modelos mais novos foram acrescentandos novos jogos, quase sempre sem graça, os antigos, perderam as qualidades e diversão de outrora, apareceram novas fabricantes de video games ruins e o aparelho virou brinquedo de recem nascido de tão entediante que ficou. Uma pena!

    Reply
  7. Ca

    Noooossa, mto bom…ajudava mto durante as viagens de carros, ou durante as esperas nas filas, consultorios…e até mesmo p/ passar o tédio….hehheh

    Reply
  8. Flavia Vieira

    Eu tenho o Apollo aqui em casa! Esse do bonequinho que balançava o braço que falava eu acho No No quando estava perto de morrer. Tenho ate a foto do Apollo e de outro Brick Game.
    Quem quizer faço ate um video! Rsrs

    Reply

Deixe um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *