24 thoughts on “Maquininha de escrever – Glasslite

  1. Crys Leite

    Eu brincava com uma dessas, escrever até que escrevia só que tinha que girar o negócio ali do meio para para cada letra. Persistência era a palavra chave desse brinquedo!

    Reply
  2. Fernanda

    genteeeeeee eu tenho a minha intacta,lindaaa, eu amava brincar c ela, inclusive dentro da caixa ainda esta os papeis com o que eu escrevia (detalhe:eu gostava de brincar que era dona do supermecado e digitava o produto e o preço)!

    Reply
  3. Herculano Neto

    Não tive nada disso,
    eu só queria que os anos 80 acabasse logo, minha década, à vera, seria a seguinte,mas faltou algo…

    Reply
  4. Anônimo

    Nooossa eu tenho uma dessas até hoje, passava horas tentando escrever até o carbono gastar todinho, kk que saudades…

    Reply
  5. michelewillig

    Nosssaaaa qndo pequena eu queria uma dessas….mas na época não tinha condições de comprar vários brinquedos da década de 80.É bom lembrar essa época trás muitas saudades!!

    Reply
  6. Fabiane Bastos

    Eu tinha (talvez ainda tenha guardada em algum lugar) era tão dificil escrever nada que me arrependi de ter pedido de aniversário.

    Não existia Hi Happy p/ fazer test drive nos brinquedos. kkkk

    Reply
  7. Anônimo

    Eu tinha uma e minha irmã outra, eu lembro que tive que largar a madeira pra ganha uma kkkk! meu pai até usava para escrever cartas para minha vó! saudade

    Reply
  8. Anônimo

    nossa, muito nostaugico, da vontade de voltar lá atras… eu tinha este, alias eu tinha muitos brinquedos na epoca meus pais iam fazer compra no carrefour e eu e minha irmã podiamos escolher um brinquedo de 15 em 15 dias… tinha essa… bricava de secretaria.

    Reply
  9. Stef

    Escreve sim! E tem um mecanismo super interessante, ao invés de teclar as letras, vc girava o disquinho até a letra q vc queria, aí apertava o botão! tinha o botão de espaço e aquela chavinha à esquerda que funcionava como "shift", para escrever a maiúscula ou os acentos! Como eu me diverti com essa máquina, que saudades!
    A propósito, adorei seu blog! 😀

    Reply
  10. Evilaine

    Pow, ganhei a minha de Natal, minha mãe que me ajudou a escrever a cartinha pro Papai Noel.. Depois, eu enchia a paciência pra minha mãe comprar o papel carbono… me diverti horrores com ela…..

    Reply
  11. Anônimo

    Eu tive uma, adorava ela eu escrevia carta para o meu primo que morava em campinas, bom depois um dia meu irmão que era mais pequeno que eu, estragou minha maquininha.nunca mais ela funcionou:(

    Reply

Deixe um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *