Olimpíada do Faustão

      Nenhum comentário em Olimpíada do Faustão

A melhor hora do domingo era quando começava a Olimpíada do Faustão! Lembro até hoje da entonação do Faustão chamando as atrações e as narrações maravilhosas kkk

As minhas favoritas eram: Porta da Sacanagem, A Ponte do Rio que Cai, Jet-Xícara, Surfe de Lago, No Pé do Ouvido (cotonete gigante), Pedra Maldita, Rola o Rolo, Avalanche e Mortemática.

Você curtia? Qual era a sua prova favorita?

Relembre as principais provas: 

A Ponte do Rio que Cai: o participante devia atravessar uma ponte sem apoios segurando uma bola enquanto atiradores jogavam bolas para desequilibrá-lo.

Avalanche: o participante vestia uma roupa em forma de barril e devia subir uma rampa, porém eram lançadas bolas gigantes para derrubá-lo.

Caçadores do Tombo Perdido: o participante devia ultrapassar um circuito de provas com uma esteira rolante, uma ponte giratória e uma cama elástica e chegar ao final sem cair dele.

Câmelo Cross: em uma piscina, o participante em uma bicicleta tinha que andar pelo muro sem cair.

Cipó do Bozó: saltando pendurado em um cipó, o participante devia cruzar um lago e parar em cima de um elefante.

Gira-Gira: o participante devia atravessar duas pontes giratórias.

Jet-Xícara: o participante era lançado em uma rampa úmida dentro de uma xícara gigante. Ele ganhava se continuasse na xícara ao chegar na piscina.

Jogo do Disco: o participante devia cruzar a piscina passando pelos discos giratórios sem cair.

No Pé do Ouvido: dois participantes ficavam em cima de plataformas estreitas e armados com ‘cotonetes  gigantes’. Quem empurrava o outro para fora primeiro vencia.

Pedra Maldita: o participante devia atravessar um rio pisando em várias pedras, tomando cuidado com as falsas que afundavam.

Pé no tubo: o participante devia ultrapassar os desafios em uma piscina.

Porta da Sacanagem: ao todo eram quatro paredes com quatro portas, sendo duas de madeira e duas de isopor. O participante devia atravessar as quatro paredes sem trombar com as portas de madeira, enquanto pessoas vestidas de monstros tentavam impedí-lo de seguir. E em uma das portas de isopor tinha uma rede para o participante se enroscar.

Rola o Rolo: o participante devia passar sobre sete rolos gigantes sem cair na piscina.

Tapa na Aranha: o participante se segurava em uma corda e se lançava contra um vélcro com uma teia de aranha estampada. Ganhava se conseguisse grudar no velcro.

Outros: 

Boliche: 10 participantes pegavam uma carta de baralho e se vestiam de pino de boliche. Uma bola de boliche gigante vinha para tentar derrubar os pinos.

Cogumelo: o participante se pendurava em um cogumelo gigante e tentava cruzar uma lagoa sem cair.

Dominó: o participante tinha que passar por cima de várias peças de dominó sem cair.

Escorrega e Bate: o participante devia descer uma rampa em cima de uma prancha, deslizá-la na água, alcançar outra rampa e escalá-la e tocar um sino no topo.

Jogo da Vara: os participantes se lançavam em uma piscina, apoiados em uma barra de ferro. Para vencer, ele devia se jogar em cima de uma plataforma flutuante na água, sem cair.

Labirinto Colméia: o participante entrava em um labirinto com várias salas hexagonais e várias portas em cada uma. Ele devia sair de lá pelo caminho certo, tomando cuidado com os monstros e com as saídas falsas.

Mortemática: o participante sobia em um carrinho que andava rápido. Ao lado, uma expressão matemática era mostrada. Ao final do caminho, ele devia responder o resultado correto.

Piratas do Caribe: o participante devia atravessar uma ponte composta por várias plataformas flutuando no mar. As plataformas eram escorregadias e, para piorar, um pirata vinha atrás dele para derrubá-lo.

Prova do Cavalo: o participante devia pular em um touro mecânico móvel disfaraçado de cavalo e permanecer nele por todo o caminho até alcançar um sino e tocá-lo.

Rodobaca: o participante apoiava a cabeça em um bastão e dava dez voltas em torno de si. Então, ele devia bater em um sino com o bastão, sem se desequilibrar.

Surfe de Lago:o participante sobia em uma prancha de surfe giratória e devia pular os golfinhos e plataformas em seu caminho, sem cair.

Compartilhe!

Deixe um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *