Video-cassete

      11 comentários em Video-cassete
Hoje estamos tão acostumados a ter ao nosso alcance nossos filmes ou séries favoritos, seja  no Netflix, TVs a cabo, DVDs ou no computador, que é difícil lembrar o maravilhoso impacto que o surgimento do vídeo-cassete doméstico teve em nossas vidas. Creio que não seria exagero dizer que esse aparelho redefiniu nossa relação com o cinema, a televisão e a diversão doméstica. E lá íamos nós, na sexta-feira à tarde, procurar novos lançamentos na locadora e aproveitar alguma promoção de alugue 3 e pague 2, para passarmos parte do fim de semana curtindo nossos filmes, séries japonesas ou animes (palavra desconhecida na época) favoritos. E, claro, não podíamos nos esquecer de rebobinar as fitas antes de devolvê-las na segunda de manhã. Se não me engano, algumas locadoras até cobravam uma multa de quem não rebobinasse as fitas.
Compartilhe!

11 thoughts on “Video-cassete

  1. Unknown

    Putz, fora que isso também possibilitou a gente gravar os nossos programas favoritos quando a gente não estava em casa…

    Fiquem com Deus, galera.
    Um abraço.

    Reply
  2. Flavia Vieira

    Uma coisa que o dvd deveria ter, ja que os gravadores de dvd são muito caro! Sinto saudades do video cassete lá de casa! Nao sei pq mamae deu ele

    ¬¬

    Reply
  3. Arthur

    e só a Warner e a CIC (Universal+Paramount) tinham filial aqui.
    VHS da Fox e Disney pela Abril Vídeo, da Columbia (já parte da Sony) pela LK-Tel, e por aí vai.

    Reply
  4. Sônia Silvino (CRAZY ABOUT BLOGS)

    Tenho o meu ao lado do DVD. Tenho uma coleção de fitas vhs, portanto tenho que conservá-lo. Gostava de programar uma gravação e sair tranquila.

    Reply

Deixe um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *