15 filmes de terror mais assustadores dos Anos 80 e 90

      Nenhum comentário em 15 filmes de terror mais assustadores dos Anos 80 e 90

O Dia das Bruxas está chegando! E, para entrar no clima do Halloween, que tal relembrar e até tomar coragem para assistir de novo os filmes de terror mais assustadores dos anos 80 e 90?!

Confira a lista abaixo que fizemos com as 15 produções mais horripilantes dessas décadas. Qual te dava mais medo? Tinha paaaaavor de várias, em especial, Sexta-feira 13, A Mosca, Brinquedo Assassino, Poltergeist, Halloween e Pânico, mas mesmo assistia mil vezes.

1 – Cemitério Maldito:

É um filme de terror adaptado da obra do gênio Stephen King e que se tornou cult no mundo inteiro. Foi lançado em 1989 e conta a história da família Creed (Louis, Rachel, Ellie e Cage), que se muda perto de uma beira de estrada na pequena cidade Ludlow, por causa do trabalho de Louis, que é médico. Após a mudança, a família conhece o vizinho, o simpático velhinho Jud, que sabe tudo sobre um cemitério indígena que fica atrás de onde as crianças costumavam enterrar seus animais de estimação mortos. E uma série de acontecimentos estranhos se inicia após a morte do gato da família Creed.

2 – A volta dos Mortos Vivos:

Um super clássico do terror dos anos 80 e um dos primeiros filmes do gênero Zumbis que assolaram os cinemas nos anos 80. Este filme, na verdade, é uma recriação do clássico “A noite dos mortos vivos”, de George A. Romero, lançado em 1966. Esta sequência fez muito sucesso nos anos 80, principalmente pelo seu lado dark e cômico ao mesmo tempo. Na história, dois funcionários de um armazém de suprimentos médicos desastradamente causam o vazamento de um gás ultraperigoso, cujos vapores fazem com que os mortos retornem à vida.

3 – A Hora do Pesadelo:

Freddy Krueger começou a entrar na mente de muita gente a partir de 1984, quando foi lançado seu primeiro filme. Com uma história de vida assustadora, foi após sua “morte no mundo real” que passou a aterrorizar de verdade suas vítimas, invadindo os sonhos de adolescentes em busca de vingança. “Um, dois: Freddy vem te pegar. Três, quatro: Feche bem o quarto. Cinco, seis: Segure a sua cruz. Sete, oito: Fique Acordado. Nove, dez: Não durma nenhuma vez”. Se você se lembrou dessa musiquinha macabra, sabe que coisa boa não vem pela frente.

4 – Sexta-feira 13:

Assim como “A Hora do Pesadelo”, “Sexta-Feira 13” apresentou um dos personagens mais icônicos do mundo do terror: Jason Voorhees. Com sua clássica máscara de hóquei no gelo e, de preferência, com um facão na mão, ele parece ser realmente imortal. Desde 1980, quando apareceu pela primeira vez, já foram 12 filmes lançados, sendo que em um deles, em 2003, Jason e Freddy ficam frente a frente.

5 – A Mosca:

O cineasta David Cronenberg, em sua extensa filmografia, mergulha na busca entre terror e sci-fi que alcançaria o ápice com ‘A Mosca’. Conquistando o Oscar de Melhor Maquiagem no ano seguinte, a narrativa traz o físico Seth Brundle como protagonista (interpretado por Jeff Goldblum), cujo objetivo é construir uma máquina de teletransporte. Entretanto, ao entrar na cabine para testá-la, seu corpo se funde ao de uma mosca e dá origem a uma monstruosa criatura movida pelo medo.

6 – O Iluminado:

Construindo uma belíssima narrativa que juntou em um mesmo lugar elementos psicológicos e sobrenaturais, explorando até mesmo os conceitos de esquizofrenia, o longa de 1980 tem um legado soberbo e arranca uma das melhores atuações de Jack Nicholson como Jack Torrence, o frustrado romancista que viaja com sua família para o Hotel Overlook e se transforma em uma máquina psicótica perigosíssima.

7 – Brinquedo Assasino:

O diretor Tom Holland resolveu dar um passo a mais e assombrar o inocente cosmos infantil ao arquitetar uma trama que envolvia um brinquedo possuído pelo espírito de um serial killer – e assim nasceu Chucky, o psicótico boneco protagonista de ‘Brinquedo Assassino’. O filme tornou-se um instantâneo sucesso de bilheteria, arrecadando quase 45 milhões de dólares à época de seu lançamento. Apesar de suas inúmeras sequências não terem o mesmo frescor do original, é inegável dizer que o longa mudou o panorama do gênero – e conscientizou mães e pais a pensarem duas vezes antes de aceitarem presentes de estranhos.

8 – Gremlins:

É até difícil dizer que este é um filme de terror, mas é. Acontece que os monstrinhos, aparentemente adoráveis, podem ficar muito sinistros caso você não conheça algumas de suas regras biológicas básicas. As regras são claras: não os coloque em contato com a água; mantenha-os longe da luz do sol; e nunca os alimente depois da meia-noite. É melhor estudar um pouco antes de decidir ter um pequeno Mogwai como animal de estimação. Lançado em 1984, o filme foi produzido por Steven Spielberg e deu muito trabalho para ser concluído. Só pense que, sem computação gráfica, todos os movimentos de cada bichinho foram feitos manualmente.

9 – Halloween:

Laurie Strode (Jamie Lee Curtis) simulou sua morte para poder escapar da fúria do irmão, um louco homicida. Apesar de agora se chamar Keri Tate e trabalhar como diretora de uma escola, ela vive constantemente o medo de que seu psicótico irmão descubra seu paradeiro. Até que, passados 20 anos desde que tudo começou, ela reencontra Michael Myers, seu irmão psicopata, quando este está perseguindo seu filho. De imediato, ela foge apavorada, principalmente quando vê seu namorado sendo morto, mas, repentinamente, decide enfrentá-lo e uma coisa fica clara: só um irá sobreviver.

10 – Pânico:

Sidney Prescott (Neve Campbell) começa a desconfiar que a morte de dois estudantes está relacionada com o falecimento da sua mãe, há cerca de um ano. Enquanto isso, os jovens da pacata cidadezinha começam a receber ligações de um maníaco que faz perguntas sobre filmes de horror. Quem erra, morre. As perguntas seguem uma lógica que será desvendada numa grande festa escolar.

11 – Poltergeist:

Um dos maiores sucessos da década de 1980, Poltergeist tem a fama de ser um filme amaldiçoado devido a morte de várias pessoas que estavam associadas na produção do filme. Dirigido por Steven Spielberg, o filme conta a história de uma família que começa a perceber manifestações sobrenaturais em sua casa, culminando no desaparecimento da filha mais nova por meio do aparelho de televisão. O sucesso de ‘Poltergeist’ foi tamanho, que a obra foi indicada a três estatuetas do Oscar e gerou duas sequências e um remake em 2015.

12 – Eu Sei O Que Vocês Fizeram no Verão Passado:

Em uma pequena cidade costeira, quatro adolescentes atropelam e supostamente matam um desconhecido. Com medo das conseqüências deste acidente, decidem se livrar do corpo e o jogam no mar. A vida de cada um dos quatro toma rumos diversos e um ano depois, eles se reencontram na mesma cidade e uma das jovens recebe um bilhete dizendo: “Eu sei o que vocês fizeram no verão passado”. Deste momento em diante mortes acontecem, todas causadas por um gancho de pescador.

13 – Lenda Urbana:

Série de crimes inspirados em assassinatos do passado assolam uma localidade. Quando Natalie (Alicia Witt) investiga um antigo crime, o assassinato de um aluno por professor psicopata, ela inadvertidamente entra na mira do maníaco homicida.

14 – Aliens – O Resgate: 

Ninguém poderia ter imaginado o sucesso de ‘Alien – O Oitavo Passageiro’, de Ridley Scott. E ninguém poderia imaginar que sua sequência, ‘Aliens – O Resgate’, conseguiria superar o estrondo do filme original e alcançar um patamar de aclame inefável – sendo indicado a sete prêmios do Oscar de 1987. A continuação da memorável franquia intergaláctica se passa cinquenta e sete anos depois dos eventos que dizimaram a tripulação da nave Nostromo, deixando para trás uma sobrevivente – Ripley (Sigourney Weaver) -, que acorda de um coma induzido para acatar a missão de destruir as perigosas criaturas alienígenas de uma vez por todas (não que isso tenha funcionado).

15 – A Casa da Colina:

Famoso empresário do ramo de parques temáticos, Stephen Price (Geoffrey Rush) resolve fazer uma surpresa sua mulher (Famke Janssen) e marca uma festa de aniversário numa casa abandonada há décadas. Entretanto, o que ele não sabe que o local foi sede do Instituto de Psiquiatria para Criminosos de Vannacutt, sede de experiências que incluíam tortura e morte.

Compartilhe!

Deixe um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *