Top 15 melhores jogos de tabuleiro Anos 80 e 90

      Nenhum comentário em Top 15 melhores jogos de tabuleiro Anos 80 e 90

Jogar é uma delícia, né? Uma das recordações mais gostosas da minha infância. Adorava jogar Banco Imobiliário, Jogo da Vida, Imagem & Ação, Detetive, Perfil, Combate, Damas, Ludo, Academia, entre tantos outros. E você?

Fizemos uma lista com os Top 15 melhores jogos de tabuleiro dos Anos 80 e 90. Qual era o seu favorito?

1 – War: O jogo de estratégia da Grow é sempre lembrado e tem fãs ardorosos mesmo nos dias de hoje. Uma partida de War dura facilmente 5 ou 6 horas, dependendo da quantidade de jogadores e cada minuto é emocionante. Com o passar dos anos, ganhou versões diferentes, como o War-II e o War Mitologia.

2- Detetive:  Adoro até hoje! Um clássico, inventado na Inglaterra na década de 40, chegou ao Brasil pela Estrela nos anos 70. O jogo consiste em um tabuleiro representando uma mansão, onde ocorreu um assassinato. O objetivo é descobrir o assassino, a arma e o cômodo da mansão onde ocorreu o crime.

3 – Banco Imobiliário: Um dos meus favoritos! Passava horas e horas jogando. Derivado do Monopoly americano (que hoje em dia também pode ser encontrado no Brasil), o Banco Imobiliário simula a compra e venda de imóveis, definidos em um tabuleiro que os jogadores vão percorrendo. É o vencedor aquele que ficar mais rico, com mais propriedades.

4 – Scotland Yard: Mais um jogo de resolução de crimes, este foi lançado pela Grow. Passa-se em Londres e cada parte do tabuleiro representa um ponto daquela cidade, onde está uma pista para desvendar um dos 100 crimes propostos pelo jogo, descobrindo o assassino, motivo, lugar e também decodificar algumas mensagens secretas.

5 – Imagem e Ação: Muito animado pra se jogar em turma, consiste em um tabuleiro a ser percorrido por cada equipe. Mas, para fazer andar o seu peão, a equipe tem de sortear uma carta, e um dos membros faz um desenho correspondente ao que diz na carta. Os outros membros da equipe têm de adivinhar o que foi desenhado. Há diversas categorias, como “pessoas”, “objetos”, ou “ação”. Você gostava mais de jogar desenhando ou fazendo mímica?

6 – Jogo da Vida: O jogo envolve diversas fases da vida adulta, simulando casamento, filhos e até a morte. Consiste de um tabuleiro que deve ser percorrido por um carrinho com uma família hipotética, onde os pininhos são o casal e os filhos e no decorrer do tabuleiro diversos obstáculos acontecem. Ganha quem se sair melhor na “vida”.

7 – Master: Jogo de conhecimentos gerais, com perguntas sobre diversos assuntos, onde os jogadores tinham que responder corretamente para movimentar sua peça num tabuleiro. Foi o primeiro jogo de trívias lançado no Brasil, em 1982, e depois teve diversas outras versões, como o Master Júnior, com perguntas mais fáceis para crianças, e o Master Esportes, falando sobre olimpíadas, copas do mundo e esportes em geral.

8 – Interpol: Mais um jogo de detetives, o objetivo deste era capturar o criminoso Senhor X, que se locomovia por Londres (ou Nova York, dependendo da versão) usando ônibus, táxi e metrô. Um dos jogadores fazia o papel do Senhor X. Os outros são os jogadores que têm que capturá-lo, e que recebem pistas e passes de transporte para isso. O problema é que o Sr. X anda livremente pela cidade, com transporte ilimitado.

9 – Academia: Adooorava! É um jogo que desenvolve a criatividade, um exercício para os jogadores demonstrarem a habilidade de blefar para convencer seus adversários de que sua resposta é a correta! O importante não é saber o significado correto das palavras, mas sim ter criatividade para confundir os outros jogadores e ganhar muitos pontos.

10 – Ludo: É de todos, sem dúvidas o mais interessante até porque é possível jogar com 4 jogadores, seu objetivo é dar a volta no tabuleiro e chegar ao centro do jogo com todas as quatro peças antes que os adversários.

11- Dama e Xadrez: 

Já na Dama a brincadeira pode ser jogadas apenas em 2 jogadores, o que restringe um pouco mais a jogatina, porém o game é mais rápido, o que faz com que os jogadores revezem mais as jogadas quando o grupo e grande. O objetivo da Dama é capturar todas as peças ou trancar o jogador adversário no tabuleiro.

Xadrez: Outra ótima opção para quem viveu na década de 80 e 90 era jogar Xadrez, um jogo que já era ensinado na escola como forma de estimular a concentração além de ensinar sobre estratégia. Mas, não foi somente nas décadas passadas que o xadrez reinou entre os jogadores, hoje em dia o clássico dos tabuleiros ainda é muito jogado no mundo inteiro.

12 – Gamão: Talvez seja um dos jogos de tabuleiro mais antigos de todos os tempos. Na história, conta-se que ele foi criado antes mesmo de Cristo, 3500 a.C e seu objetivo é simples, chegar ao final do percurso unidimensional antes que o outro jogador.

13 – Jogo Combate: É popularmente conhecido no mundo com o nome de “Stratego”. Acredita-se que tenha surgido na França por volta de 1910, com o nome de “L´attaque’. O jogo teve larga distribuição na Europa a partir da Segunda Guerra Mundial. O jogo Combate é composto por um tabuleiro representando um campo de batalha e 80 peças que incluem diversas patentes do exército (tenente, soldado, sabo, capitão, etc), cada uma com uma força de ataque correspondente e algumas com habilidades especiais. O objetivo de cada jogador é resgatar o prisioneiro capturado pelo exército inimigo.

14 – Batalha Naval: Outro jogo de tabuleiro que exigia bastante estratégia, mas com o diferencial da ação que se passava sobre águas agitadas.

15 – Perfil: Por fim, outro jogo que marcou os anos 80 e 90. A cada rodada, uma carta com um perfil secreto é sorteada. Depois, os jogadores recebem dicas sobre o perfil secreto em questão durante a sua rodada. Quanto menos dicas você utilizar para acertar, mais pontos você ganha!

Compartilhe!

Deixe um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *